FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
23/11/2018 às 21:50 h

Cahê Rodrigues é carnavalesco da Vitória Régia

Fotos: Luciano Bittencourt.
Fotos: Luciano Bittencourt.

A Vitória Régia lançou na noite de ontem (22) o enredo que levará no desfile das escolas de samba do Grupo Especial de Manaus, em 2019. O evento aconteceu na quadra da escola, localizada no bairro Praça 14 de Janeiro, zona Centro-Sul da capital.

Intitulado “Tinta nas veias, a verdade nas mãos: n’A Crítica de Calderaro, 70 anos, a voz de uma nação”, o enredo foi apresentado à comunidade do ‘berço do samba’ e imprensa.

Quarto lugar em 2018, a Vitória Régia se reforçou para buscar o título. O presidente Didi Redman apresentou Cahê Rodrigues como novo carnavalesco da verde e rosa. “A vinda de Cahê é para engrandecer ainda mais nossa escola”, disse.

Após a apresentação, o carnavalesco concedeu coletiva e demonstrou otimismo com os preparativos para o desfile. “Vim para ganhar o carnaval junto com vocês, quero comemorar esse título em Manaus”, afirmou, arrancando aplausos eufóricos da comunidade verde e rosa.

Biografia – Cahê Rodrigues é carioca e tem 42 anos. Iniciou a carreira no carnaval como assistente de Joãosinho Trinta, em 1989. No Rio de Janeiro, desde 1998, o carnavalesco assinou carnavais marcantes em todos os grupos.

Torcedor declarado do Boi Caprichoso, Rodrigues levou à Sapucaí o levantador de toadas David Assayag – a quem homenageou com destaque no enredo “Eu acredito em você, e você?”, da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio, obtendo o quinto lugar em 2012. Apaixonado pela cultura de Parintins, o carnavalesco levou novamente itens dos bumbás à passarela do samba sob o enredo “Xingu, o Clamor que vem da Floresta” (2017), da Imperatriz Leopoldinense, escola da qual foi carnavalesco de 2013 a 2018.


Carnaval de Manaus – A Vitória Régia será a primeira escola de samba onde Cahê Rodrigues assinará enredo, experiência vivida uma única vez fora do Rio de Janeiro – em São Paulo, quando assinou “Sangue da terra, videira da vida: Um brinde de amor em plena avenida - vinhos do Brasil!”, da Vai-Vai, em 2013.

A verde e rosa quer o fim de um incômodo jejum: desde 2010 não é única campeã do carnaval. Declarada campeã em 2014 com as demais escolas do Grupo Especial, em decisão inédita e controversa, a escola tem como melhor resultado, desde então, um vice-campeonato em 2017.

Enredo da GRES Vitória Régia para o carnaval de Manaus 2019. Divulgação

Nas melhoras baladas